Autor: Leonardo Otaciano 

Gênero: Ficção, suspense e terror

Lançamento: 2015 

Páginas: 178 

Editora: Agbook / Clube dos Autores 

Adicione no (Skoob

Versão física: Agbook | Clube dos Autores

Versão digital: Amazon 

Sinopse

A história se passa em fevereiro de 1987. É uma exposição das memórias de Érico Hurz, um jovem complicado que aos quatorze anos, em razão das últimas discussões com o pai, foi mandado para a casa de Bárbara Retten, sua tia, moradora da cidade de Caçador, Santa Catarina, para passar o restante do verão. Érico e a irmã Kethelyn, jovem de dezesseis anos que partiu com o irmão para as férias forçadas de 1987, conhecem os seus primos Brendon e Michael Retten, irmãos de doze e quatorze anos que escondem dolorosos maus-tratos de infância. Bárbara e os guris trabalhavam na lavoura do senhor Lhidvan Severin, austero polonês e detentor das grandes economias da cidade naquele tempo. Érico conhece a linda Abigail Bardini, grande amiga de seus primos e apaixona-se a primeira vista. Michael torna-se ''o elemento principal'' da obra por saber demais sobre os homicídios da família Severin. Tempos depois, ao perceber que é vigiado pelos fantasmas dos poloneses, o esquisito e oportunista Michael envolve os demais em um jogo urdido conduzindo-os diretamente à casa velha e abandonada da Rua Severin. Coisas estranhas e sobrenaturais começam a acontecer embrulhando-os cada vez mais dentro do mistério. Os jovens conseguirão descobrir quem foi o assassino cruel capaz de matar os Severin anos atrás?




Olá fofoqueiros, tudo bem com vocês? Espero que sim.
Vim aqui fazer o que faço de melhor (fofocar sobre livros é claro). Certo passarinho me contou que dois autores irmãos estão publicando seus livros essa semana e é claro que eu como uma fofoqueira de plantão vim aqui correndo contar pra vocês, então meus queridos, se preparem, porque estão prestes a ler muitas fofocas, deixemos de enrolação, vamos ao assunto. Para quem ainda não conhece o trabalho desses autores, é uma ótima oportunidade de ler uma de suas obras, pra quem já conhece, então vem ler mais esses. Vamos por partes, ok? 



Autora: Luiza Salazar
Gênero: YA, Fantasia urbana, aventura
Lançamento: 2013
Página: 224
Editora: Draco
Adicione no (Skoob)
Versão física: Amazon | Cultura | 
PagSeguro          
Versão digital: Amazon | Cultura |

Sinopse:

E se a Morte estivesse sempre ao alcance de suas mãos?
Pode me chamar de Kat. Eu daria tudo para ser apenas uma jovem universitária, preocupar-me com os assuntos discutidos nos trens, nos corredores das escolas, nas ruas: qual roupa vestir na festa, qual o futuro da política do país, quem vai ganhar o jogo esta noite. É, você entendeu.
Mas na minha cabeça só há espaço para uma preocupação: quem será a minha próxima vítima.
Eu sou uma Ceifadora. Isso significa que posso matar com um simples toque das mãos, um dom que desejava todos os dias não possuir. Mas quando aqueles dois estranhos apareceram na minha vida e fizeram tudo virar de pernas pro ar, comecei a entender que existem pessoas que fariam de tudo para controlar esse meu poder indesejável. Até mesmo me matar. É até irônico, né?
Um Toque de Morte é um romance fantástico de Luiza Salazar, uma aventura pelas sombras que se escondem nos becos da cidade.
Não se deixar envolver, não se aproximar demais. Essa é a maldição dos Ceifadores, não poder sentir o mundo com a própria pele.



Olá fofoqueiros!

Aposto que o título dessa postagem deixou vocês curiosos hein, como eu sei disso? Simples, assim que li esse título também fiquei curiosa. Então vamos logo ao assunto.

Olá fofoqueiros!

Que tal saber mais um pouquinho acerca do autor Jefferson Andrade e de sua obra “O Conto do Mundo Perdido – As Crônicas do Ragnarok”? Então vem comigo.

Autor Jefferson Andrade

 1.   Olá Jefferson, agradeço por ter concedido essa entrevista a minha humilde pessoa. Seu livro me deixou muito curiosa e quero perguntar algumas coisas a respeito da criação dessa obra. Primeiro a pergunta mais leve (*risos maléficos*). Como surgiu a ideia na sua cabeça, foi um filme, um livro...?

(Jefferson): Já havia começado um esqueleto da história quando garoto (salvava o arquivo em disquete, pra ti ver como era coisa do arco da velha rsrs), mas somente em 2011 recomecei a história, de uma forma totalmente renovada e muito mais profunda. Dois fatores me levaram a este recomeço: O primeiro foi que na época comecei a ler a série de livros do Percy Jackson, e me identifiquei absurdamente com a forma com que Rick Riordan construiu aquele universo, e na mesma hora tive vontade de fazer algo nesse sentido com a mitologia nórdica; Segundo, e muito mais engraçado, foi àquela história de que para um homem estar completo na vida ele precisa ter um filho, escrever um livro e plantar uma árvore. Pois bem, eu estava plantando uma árvore quando um amigo me sugeriu que só faltava escrever um livro naquele momento (meu filho havia nascido poucos meses antes kkkk). Juntei então os dois incentivos e pus as mãos à obra.