★★★★★♡
Autor: Clayton De La Vie
Lançamento: 15/12/2015
Editora: Editora Percurso
Páginas: 122
Gênero: Terror, policial

Sinopse:
Nossas palavras, nossas ações e nosso modo de agir podem influenciar muito mais do que imaginamos. Crescendo em meio a brigas e humilhações provocadas por seu pai alcoólatra, Pietro tornou-se um adulto complexado, um assassino sádico que acredita fazer um bem enorme à humanidade ao subjugar vidas. O homem não poupa esforços em suas torturas e, praticamente compulsivo de sodomia, aproveita cada oportunidade para abusar sexualmente das vítimas. Na década de setenta, quando a polícia não possuía tantos recursos, até que ponto uma matança desmedida podia se estender?

Olá amores!

O livro se chama Beije Minha Bunda - Perfil de um Assassino. Ao ler o título do livro você pode pensar "já sei, é comédia", mas não é, isso só faz nós leitores ficarmos ainda mais curiosos quanto a história do livro.


O livro vai contar a vida de Pietro Jr, um menino gordinho, não praticante de esportes e com apenas um amigo, Pietro Jr leva uma vida nada fácil. Da infância a adolescência ele morou com sua mãe Mary, uma mulher sem vontade própria e submissa ao marido, esse por sua vez se chamava Pietro (sim, o personagem principal "Pietro Jr" ganhou o nome do seu pai "Pietro", pra não confundir vocês, quando eu falar "Pietro Jr" estou falando do filho que é o personagem principal da trama, e quando eu falar somente "Pietro" estarei falando do pai, ok?), um homem preconceituoso, agressivo e alcoólatra, e seus quatro irmãos. Pietro Jr era o primogênito do casal e era o mais maltratado de todos, desde seus 4 anos. Em consequência das diversas surras que seu pai lhe dava, o garoto cresceu traumatizado e com diversos problemas de saúde. Mesmo com tudo que sofria o garoto tentou sua vida toda a aprovação do pai, entrou no meio político (coisa que seu pai detestava) e começou a crescer, mas não durou muito tempo, logo Pietro Jr sai de sua cidade e se aventura em outra cidade onde vaga por muitos empregos até mesmo como atendente de necrotério, mas dura poucos meses, logo ele volta pra sua cidade natal casado e com um filho de poucos meses de vida, seu interesse principal nesse casamento era o fato de Margareth Myers ser filha única de um cara muito rico (e quando eu falo muito rico, é muito rico mesmo, uma das famílias mais ricas do estado). Ao voltar Pietro Jr comete sua primeira infração, aquela que começará a mudar sua vida.


Agora a minha opinião do livro.
Todos vocês sabem que eu "amo" a escrita do Clayton, sou fascinada como ele consegue fazer de uma história fictícia uma lição de vida. Amo o fato de ele despertar em mim sensações indescritíveis ao ler suas obras. Clayton você é incrível amigo. Mas vamos ao que interessa.


O livro é narrado em 3° pessoa, mas tem alguns desabafos do Pietro Jr em 1° pessoa. Eu amei muitas coisas nesse livro (quando eu digo muitas, quero dizer "tudo"), o fato de contar a história de um assassino desde sua infância e suas mudanças no decorrer dos anos, amei o fato do autor mostrar os sonhos e metas de vida das vítimas antes de suas vidas serem tomadas pelo assassino.

No entanto, não queria morrer naquela fase tão juvenil... tinha tanto para aprender, tantos lugares para conhecer. Será que não chegaria à fase da vida em que os jovens convidam as moças para o baile da escola? Será que todo esse futuro seria privado por um homem gordo, sádico e problemático? O garoto não saberia responder a estas perguntas.

Amei o fator psicológico aplicado ao livro, o medo das vítimas, o prazer do assassino. O fato do Pietro Jr mesmo que inconscientemente querer a aprovação do pai.
O assassino não é daquele tipo clichê que mata e depois finge arrependimento, ele é o que é e pronto.

Era gostoso matar. Matar somente por esporte, sem que houvesse uma necessidade para o ato criminoso, era ainda mais aprazível.

Senti compaixão, raiva, alegria, tristeza, me vi em muitos momentos torcendo por sua felicidade e em outros querendo enforca-lo (rs, uma história de amor e ódio, entre tapas e beijos). 
Um personagem capaz de entrar em sua cabeça e te ensinar que as aparências enganam e que transtornos podem sim afetar a vida de uma pessoa para sempre, essa foi a parte que mais gostei, a parte critica dessa obra na minha humilde opinião.
"Um lobo com pele de ovelha", essa frase classifica muito bem o assassino, porque é exatamente o que ele é, um lobo disfarçado de ovelha, um assassino disfarçado de bom homem.

— Pietro. Pietro Bartzen. — respondeu o tenente. — Além de tesoureiro, ele tem uma empreiteira de renome, é capitão-comandante da Defesa Civil de La Ventura, membro da Sociedade dos Nomes Santos, foi eleito homem do ano, é membro do Conselho Católico Interclubes e ainda conheceu a primeira-dama dos Estados Unidos. É tido como uma pessoa caridosa, faz festas beneficentes onde atua como Rufus, o palhaço, e arrecada fundos para uma associação de pessoas carentes e para o orfanato Madre Dela Cruz.

Quem descobriria um assassino em meio a tantas qualidades? Quem seria capaz de acusar alguém tão bom? As aparências enganam meus queridos leitores, será que você realmente conhece seu vizinho?
Essa história é a prova de quê pra toda ação há uma reação. Reflita sobre suas ações, pois uma palavra, uma agressão ou uma humilhação pode ser a chave que faltava pra desencadear um monstro.
Finalizando a resenha com chave de ouro, vou deixar aqui um de muitos pensamentos interessantes do livro.

A vida é, de fato, uma linha reta. As ações que tomamos deixam curvas nessa linha. Mas, independentemente de nossas escolhas, sempre atingimos o ponto final. Portanto, a vida não é imprevisível. Ela é igual para todos: há início e fim. O que não podemos prever são as marcas que deixaremos nessa linha.

Bom fofoqueiros, essa foi a resenha, me desculpem por ter ficado grande (não tinha como ficar menor rs), espero que tenham gostado e se interessado por essa leitura, porque com certeza será uma das suas melhores descobertas de 2015. E por falar em "descoberta" e "2015", vou fazer uma fofoca fresquinha pra vocês, o livro que acabei de resenhar está em pré-venda na Editora Percurso com um preço super pequeno, só 18 reais e frete grátis para todo o Brasil, você não vai querer perder essa vai? Corre gente, o lançamento vai ser dia 15 de dezembro, ainda dá tempo. 


Adquira aqui: 

É isso meus fofoqueiros, espero que tenham gostado das fofocas. 
Beijinhos em todos vocês, saibam que meu blog, canal e página são dedicados a vocês leitores e escritores, com todo carinho.

2 Comentários

  1. Perfeito, surpreendente. Gosto de histórias assim e estou com vontade de ler também. Bom, o Clayton escreve muito bem, já tive oportunidade de ler e adquirir alguns outros livros seus e adorei. Desejo sucesso a ele, sempre, pois tem talento e merece. E a você minha querida e linda amiga, parabéns pela resenha, fascinante, muito bem elaborada. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que você irá amar essa leitura. Obrigado pelo carinho (amei o "querida" e "linda" rs), fico muito feliz em saber que você gostou. Beijinhos em você amigo e parceiro lindo!

      Excluir

Olá, tudo bem? Espero que sim. Sua visita é uma alegria para mim, mas ficaria muito mais feliz com um comentário seu.
Beijinhos!