Olá fofoqueiros!

Hoje vamos dar inicio a mais uma categoria no blog, se chama "Personagens Marcantes" e funciona assim: pelo menos 1 vez no mês eu vou trazer pra vocês um personagem que me marcou de alguma forma, seja pro bem ou pro mal, ou seja, trarei personagens de muita personalidade e que me ensinaram algo, quem quer ver personagens saindo do papel?. Gostaram da ideia? Espero que sim, porque estou muito animada com essa nova categoria, mas deixando de enrolação, vamos ao que interessa.


O personagem de hoje, é uma venusiana mercenária muito da arretada, de quem será que eu estou falando? Mas é claro que é de Artemísia, personagem principal do livro 2 da trilogia "Habitantes do Cosmos", da autora Francélia Pereira (amo essa mulher).


Pra quem ainda não leu nenhuma postagem relacionada a Habitantes do Cosmos: Artemísia (coisa que eu acho difícil, porque sempre estou elogiando essa obra maravilhosa), clique (aqui!) pra ver a resenha escrita ou em vídeo clicando (aqui!).
Bom, vamos saber um pouquinho mais dessa personagem:

Artemísia é uma venusiana nascida em um clã totalmente patriarcal, após uma serie de acontecimentos, a personagem vira uma mercenária, mas chega um momento em que ela quer evoluir, e é nesse momento que começa a sua verdadeira aventura (e a nossa também), onde ela vai aprender a superar os sentimentos mais fortes e mais íntimos, mas sobretudo, vai conhecer seu passado e saber as suas verdadeiras origens.
Ela vai nos levar a uma verdadeira aventura, vamos conhecer mais sobre a cultura indígena, ou seja, sobre nossa própria cultura. Ela vai percorrer um caminho difícil, vai conhecer deusas, lendas e provar sentimentos nunca imaginados pela guerreira.
Artemísia me ensinou muitas coisas, como: lutar pelos meus objetivos, superar as lutas que acontecem dentro de nós, mostrar que sempre é capaz de se superar, mas sobretudo, Artemísia me ensinou que, independente de gênero, sexo ou raça, não há mulher mais forte ou homem mais forte, há uma harmonia entre os dois que é a verdadeira força maior. A guerreira me ensinou que não há sexo mais forte e sim uma força maior na junção desses dois seres incompletos e imperfeitos.
E saibam que as maiores vitorias não são conquistas com a espada e sim com a sabedoria (virei filósofa rs).

"Para quem não conhece a personagem, Artemísia é uma guerreira mercenária, nascida em Vênus, no futuro, e é descendente das lendárias Icamiabas.
As pinturas corporais da venusiana foram inspiradas na Arte da civilização antiga Marajoara, da Amazônia. No pescoço ela usa um amuleto de jade, um Muiraquitã, uma peça que remete ao passado mítico do nosso país.
A arte é de Ton Lima  e as cores de Wesllei Manoel." Francélia Pereira.

Obrigada Francélia, por me proporcionar tanto ensinamento com apenas uma personagem. Aguardo ansiosa mais emoções com Habitantes do Cosmos volume 1. Obrigada pela amizade, você mora no meu coração sem pagar aluguel.


Querem saber mais sobre nossa cultura? Que tal um evento virtual? No dia 27 vai ter um encontro muito rico, vai ter música, livros, desenhos, HQs e muito mais, é lá no facebook, pra participar é só clicar (aqui).

Espero que tenham gostado da nova categoria, não esqueçam de comentar aqui em baixo sua opinião, me deixa feliz e me ajuda a melhorar.
Beijinhos em todos os meus fofoqueiros.

6 Comentários

  1. Amei a nova categoria, Kalita! E eh uma grande honra ver a Artemísia estreando nela *-*... Mto sucesso! Estou curiosa pra ver os próximos personagens!!! Bjão! ❤ ❤ ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que amou Fran. Obrigada por criar Artemísia.
      Beijinhos!

      Excluir
    2. Que bom que amou Fran. Obrigada por criar Artemísia.
      Beijinhos!

      Excluir
  2. Adorei conhecer um pouquinho da personagem forte e marcante Artemísia.
    Parabéns !!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luh! Artemísia vai te surpreender, basta dar uma chance rs.
      Beijinhos!

      Excluir
    2. Obrigada Luh! Artemísia vai te surpreender, basta dar uma chance rs.
      Beijinhos!

      Excluir

Olá, tudo bem? Espero que sim. Sua visita é uma alegria para mim, mas ficaria muito mais feliz com um comentário seu.
Beijinhos!